Últimas Reportagens

Hotel Fazenda da Aldeia - A casa dos gigantes cariocas

02/09/2017

Local: Pesqueiro da Aldeia - Cantagalo - RJ
Data: Abril de 2012


Olá amigos,

 

Sou leitor assíduo do Fishingtur e gostaria de contar minha pescaria no Aldeia Hotel Fazenda, localizado a 200 km do Estado do Rio de Janeiro.

 

Tinha combinado com meu grande amigo Braga, dele levar um saco de ração para ceva enquanto eu levaria as labinas na cachaça, mas infelizmente ele só conseguiu 5 kg, o que foi suficiente para tirar o primeiro bitelo, com uma vara Carisma da Star River, Carretilha Shimano Corvalus 400 cvl com 200 metros de linha 0,40 mono e uma boia foguetinho da Boias Barão com chicote de 1 metro de flúor 0,40 mm com chinu 9 e labina na cachaça.

 

Estava de barco no canto do lago quando vi uma grande rebojada bem no meio e lancei minha labina bem no local, não demorou muito e uma explosão, e foi a boia pro buraco. Como era hora do almoço, não tinha ninguém no lago, apenas o Crescêncio, funcionário do Hotel que foi minha salvação.

 

Depois de passear pelo lago rebocado pelo bitelo, passei perto da margem e consegui jogar uma corda para o Crescêncio que puxou até margem onde consegui desembarcar e caminhar até uma prainha. Aí é que começou a briga.

 


Uma briga das boas, com grandes tomadas linha até poder cansar o tamba e tira-lo para a foto.

 


Depois de soltar esse belo exemplar, fui tomar um banho e pegar aquela deliciosa comida servida no restaurante do Aldeia Hotel Fazenda, Após uma ótima refeição resolvi com o amigo Sandro a ir até a cidade de Cantagalo para comprar um saco de ração para ceva, pois os peixes estavam subindo, meio manhosos mas estavam atacando a ração. Isso feito, as esposas resolveram dar um passeio até Friburgo e eu tive que ficar com meu filho Daniel de 1 ano e meio que estava dormindo e eu aproveitei para tirar uma soneca, já que entre 13 e 16 h dificilmente se pega peixes lá. Por volta das 16:30 fui brincar com meu filho no parquinho que fica entre a piscina e o lago principal e após algum tempo pude ver o movimento típico que alerta para peixes grandes e avisei ao Sandro para cevar naquele lugar. Quase enfartei com a quantidade de grandes explosões na superfície e eu ali sem poder fazer nada, mas faz parte, como dizem não basta ser pai, tem que participar.

 

No dia seguinte acordei cedo e fui cevar de barco e ao encosta-lo na margens para arremessar, o Sandro já estava com um brigão na ponta da linha que rendeu um boa briga, era um tambacu de 9 kg. Continuei cevando quando já no barranco, vi minha boia sumir e a linha cortar a água numa velocidade de um grande peixe, que me deu um trabalhão tomando quase 150 metros de linha (sorte que estava com a corvalus) indo até quase o final do lago, novamente fui levando com uma grande briga até a prainha e consegui tirar o monstro para a foto. Vejam bem a largura desse animal.

 


Meu amigo Alvaro, pescador de tilápia e seu filho Alvinho faziam a festa, pois nos lagos menores existe uma grande quantidade de tilápias. 

 


                                                           

Até eu e o Sandro entramos na brincadeira.

 

 

                                                            

Olha que coloração mais linda dessa tilápia.

 

 

Depois do almoço o tempo mudou e desabou um grande temporal, hora de jogar conversa fora com a família e os amigos, mas como está no sangue o vício da pescaria, reparei que a chuva estava mais branda e não perdi tempo, peguei meu material com a corvalus, minha capa de chuva e fui pra guerra, apesar da chuva o vento deu uma trégua, lancei minha boia e fiquei esperando, vi quando ela foi deitando devagar e sendo puxada para lateral, estiquei a linha e dei o tranco, aquela calma na puxada da boia virou uma fera, tomando muita linha e dando muito trabalho, mas após uns 15 minutos veio pro colinho do papai.

 

 

Bem pessoal é isso ai, espero que tenham gostado, e queria agradecer a Dª Gilma, Michele, Crescêncio e a todos os funcionários do Aldeia Hotel Fazenda pela calorosa recepção a todos os hóspedes.  

 

Abraços

 

Levy


    
AGRADECIMENTOS

 

Hotel Fazenda e Pesqueiro da Aldeia
Tel.:022 2555 0600
Cantagalo – RJ

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Busca...

Please reload

boias de pesca, boia cevadira, boia torpedo
Carretilhas de Pesca Penn
Contato Fishingtur

Parceiros

Varas Ultralight Luck Lure

O maior portal de Pesca e Turismo do Brasil

Fishingtur Pesca e Turismo 2019