Últimas Reportagens

Pesqueiro Estância Igrejinha – New Point com bons Redondos e grandes Pirararas

31/08/2018

Local: Pesqueiro Estância Igrejinha  -  Rio Verde – GO

 

   Olá amigos leitores!
 

   Em uma reunião de nossa equipe para avaliarmos as estratégias para o site, programamos algumas pescarias para este segundo semestre e uma delas tratava-se de visitarmos o Pesqueiro Estância Igrejinha que está localizado na cidade de Rio Verde no estado de Goiás. Partimos no início do mês de Agosto em pleno inverno, sendo uma viagem que vai deixar saudades e os integrantes da equipe Fishingtur que estiveram nessa aventura fui eu (Silvio Leme), Marcio David e Gilberto Chudi Jr.
 

    O Pesqueiro Estância Igrejinha é composto de bons lagos que são morada principal dos cobiçados Redondos (Tambacu e Tambaquis) e da famosa Pirarara que no local tem em grande quantidade.

   Chegamos por volta das 15h:00min e antes de iniciarmos a nossa pescaria conversamos muito com o proprietário Fernando que foi muito atencioso e forneceu todas as dicas do local e isso nos ajudou a ter o que podemos denominar de uma tarde Feliz!!! O Sol estava daquele jeito “um para cada um”, mas nada que tirasse a nossa motivação e rapidamente montamos os equipamentos e linha na água iniciando com a pescaria de cevadeira na superfície e em pouco tempo, olha os redondos aí!!!

    A tarde foi passando e muitos redondos continuaram a ser capturados por nossa equipe e estávamos utilizando conjuntos com varas de 2.10 metros e carretilhas da Abu Garcia de perfil baixo comportando 100 metros de linha 0.37 mm e acompanhando esses conjuntos as excelentes Boias Barão. As iscas mais utilizadas foram desde os tradicionais conjuntos de eva’s e miçangas + anteninha com anzol Wide Gap 3/0, ração úmida na pinga e “beijinho” e diante de tantos redondos alguns seguiram para as fotos e claro para nossa matéria!!!

     Final de tarde se aproximando e disse ao Marcio e Junior “hora do rabo vermelho sair da toca” e de fato começamos a ter ações das Pirararas e logo umas delas estava em meus braços!!!

     Estávamos sem as iscas que consideramos “matadeira” para as Pirararas, sendo Guelra e cabeça de Tilápia, entretanto, não tive dúvidas e fui até a recepção conversar com o Fernando que prontamente conseguiu para nós um pouco dessas iscas e no retorno, bastava cair na água e as tomadas de linha já indicava quem estava na ponta do anzol. Segura Junior!!!

    O Marcio ficou bem quietinho (como sempre) e começou a fazer uma ceva com restos de iscas na margem (não mais que 2 metros) e bastaram uns 15 minutos para as “meninas” encostarem e fisgada nelas!!!

    A noite já se aproximava e com as batitas frequentes das Pirararas, retiramos da água os equipamentos de Redondos e continuamos arremessando na ceva feita pelo Marcio e tivemos praticamente 2 fisgadas confirmadas e em sequencia no mesmo local. Era um dublê e a do Marcio por ter um tamanho menor saiu rapidamente da água e na sequencia foi a minha vez de colocar mais uma Pirarara nos braços e na foto!!!

      O cantinho estava “matador” (obrigado Marcio pela Ceva) e já no inicio da noite mais 2 boas puxadas e mais um dublê com o amigo Junior. Todos os peixes sendo capturados na guelra/cabeça de Tilápia e com equipamentos médios da Abu Garcia e Penn dos amigos da Penn Raiba Carretilhas.

     O relógio já passava das 19 horas, e precisávamos partir em retirada, visto que, tínhamos uma longa viagem pela frente, mas um último equipamento do Marcio ainda estava na água e escutamos o disparo daquele som frenético do cantar da carretilha que nós pescadores tanto gostamos de ouvir… A “briga” estava mais bruta o que indicava ser um exemplar de maior porte o que de fato se confirmou quando conseguimos finalmente colocar o peixe na margem. Mais um peixe bom e briguento em nossos braços. O detalhe é que o Marcio tinha arremessado uma torpedo com chicote de 1mt com um pedaço de peixe.

    Peixe liberado, equipamentos desmontados e vamos partir em retirada, mas como havíamos “perdido” o excelente almoço  (vocês não podem perder de jeito nenhum) o Fernando prepara mais uma boa surpresa do local. Trata-se de uma excelente porção de Tilápia para degustarmos…., vejam na foto abaixo e digam aí amigos com tantos peixes e em tão pouco tempo e com esse “bota-fora” foi ou não foi uma tarde feliz….!!! Posso garantir que o nosso retorno já está confirmado!!!

      Assim , finalizamos a nossa empreitada e gostaríamos nesse momento de deixar um grande abraço a todos os amigos pescadores e leitores do site Fishingtur, aos funcionários do Pesqueiro Estância Igrejinha e um abraço especial ao Fernando pela recepção, parceria e atendimento fornecido para nossa equipe e pela confiança depositada em nosso trabalho.

 

O Fishingtur fica a disposição através dos canais abaixo para duvidas e/ou necessidades de demais esclarecimentos.

Equipe Fishingtur
 

Fotos: Silvio Leme, Marcio David e Gilberto Chudi
Texto: Silvio Leme
Edição: Marcio David

 

AGRADECIMENTOS

Pesqueiro Estância Igrejinha
Rua: Prolongamento Coronel Vaiano, km 05 Zona Rural, Rio Verde – GO.
(64) 9222-7661

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Busca...

Please reload

boias de pesca, boia cevadira, boia torpedo
Carretilhas de Pesca Penn
Contato Fishingtur

Parceiros

Varas Ultralight Luck Lure

O maior portal de Pesca e Turismo do Brasil

Fishingtur Pesca e Turismo 2019