Últimas Reportagens

Rio Araguaia! Minha primeira Piraíba!

31/08/2018

Local: Rio Araguaia - Goiás

 

          Araguaia! Minha primeira Piraíba!

 

        Saudações amigos! É com muita alegria que venho aqui relatar a melhor pescaria que o meu parceiro Clebão e eu (Cezar) já fizemos na vida!

 

Primeiro gostaria de deixar nossos agradecimentos:
- Aos amigos Felipe e Daniel do Penn Raíba Carretilhas que nos forneceu essas maquininhas fantásticas que se chamam PENN, eita carreta boa!

 

Segue o site dos amigos: http://pennraibacarretilhas.blogspot.com.br
- Ao piloteiro Claiton, gente boa demais! E fez de tudo para fazermos uma boa pescaria.
- Ao Vieira, gerente do Hotel Beira Rio, que nos tratou muito bem em nossa estadia.
- Ao Marcio David e toda a equipe do Fishingtur.

Finalizado os agradecimentos (por enquanto), então vamos começar o converseiro...


EQUIPAMENTOS UTILIZADOS

*Eu(Cezar)
-Vara Sumax Triforce 1,90mts - 120 lbs / Carretilha PENN Long Beach 68 250mts de Super Raiglon 0,91mm.

-Vara Tracker 1,80mts - 80 lbs / Carretilha PENN Long Beach 67 200mts de Max Force 0,92mm.

-Vara Evolution 1,60mts - 10/20 lbs / Carretilha Abu Garcia Revo Sx Linha multi Power Pro 0,32mm.

 

*Clebão
-Vara Giant Catfish 1,90mts - 60/120lbs / Carretilha PENN Special Senator 114 350mts de Max Force 0,85mm

-Vara Sumax Triforce 1,80mts - 120lbs / Carretilha Okuma Clarion CL55 210mts de Max Force 0,85mm

-Vara 1,80mts - 80lbs / Carretilha PENN 340GTI 175mts de Max Force 0,85mm

-Vara Evolution 1,70mts - 8/17lbs / Carretilha Abu Garcia Revo S Linha mono 0,37mm Max Force


A PESCARIA

 

     Ano passado meu parceiro Clebão e eu fomos ao Araguaia em maio na pousada Asa Branca II, fomos muito bem tratados, comida boa, mas peixe... só piranha e cachorra... O que não tem nada a ver com a pousada, apenas não tivemos sorte. Esse ano tinha que sair um dos grandes... Saímos de Araçatuba-SP com destino a Porto Luiz Alves-GO, com pernoite em Goiânia dando um total de 1.300 km até o destino final, o trecho de Rio Preto - SP até Porangatu - GO é pela BR153. Chegamos em Goiânia às 15h:30min da tarde, fomos para o hotel, tomamos um banho, descansamos um pouco. À noite fomos ao shopping Flamboyant jantar, demos uma volta no shopping... ehhhh Goiânia !(rsrsrsrs). Jantamos, depois mais umas voltas e "bora" para o hotel dormir que amanhã tem mais 630 km até Luiz Alves. Acordamos no domingo, tomamos café, abastecemos o carro e partimos...

 

        A angustia de chegar era demais... Eram umas 11h:00min da manhã na BR153, então, o Clebão disse: Vamos tocar direto, a gente para em São Miguel do Araguaia, compra uma carne e fazemos um churrasco no hotel... Topei de imediato... A angústia era demais... Então passamos por Porangatu, Novo Planalto e chegamos em São Miguel, paramos em um mercado e fomos direto ao açougue, compramos a carne e "Bora" pra Luiz Alves que a fome tá apertando e a angústia judiando ! Pegamos a BR 080(um tapete) e seguimos para o destino final. Chegamos em Luiz Alves, fizemos a rotatória, andamos um quarteirão e chegamos em frente ao Araguaia... eita aquilo foi um colírio amigos...


       Já paramos no hotel, saudamos o Vieira e fomos descarregar o carro, depois de umas três ou quatro viagens já estava tudo no apartamento. O Clebão foi direto para os fundos do hotel, pegou o carvão, colocou fogo na churrasqueira e a carne para assar. Pedimos para o Vieira chamar o Claiton que ainda não conhecíamos, depois de uma meia hora o Claiton chegou, rapaz tranquilo, boa gente, novo ainda mas parecia ter experiência no assunto, começamos a prosear e ficamos ali até umas 18h:30min foi quando tivemos o prazer de conhecer também o piloteiro Tatinha que estava como guia de um casal de pescadores e acabava de chegar de um dia de pescaria.

 

      Chamamos ele para comer uma carne e tomar uma cerveja com a gente e começamos a prosear. Ele disse que havia pego duas Piraíbas, uma na sexta-feira e outra no sábado, então ficamos animados com o relato. Conversa vai, conversa vem, Tatinha e Claiton se despediram e foram embora, deixamos tudo combinado com Claiton para o início da pescaria e fomos para o quarto, tomamos um banho e fomos dormir. Mau sabia eu que o dia seguinte seria o mais emocionante da minha vida em se tratando de pescaria. No primeiro dia de pesca estávamos apoitados no varal, local muito conhecido do Araguaia, eram umas 13h:00min mais ou menos, o estômago já estava reclamando, o sol cozinhando os miolos. De repente vi uma chicotada na minha vara, fixei os olhos nela e ela começou a emborcar e a fricção a zunir, olhei para o Claiton e ele balançou a cabeça como quem diz: Vai !

 

      Tentei tirar a vara da secretária da voadeira, na primeira tentativa ela não saiu. Meti a botina na borda da voadeira e puxei, aí ela veio... Rapaz que peso! Meti três fisgadas das boas e o bicho continuou descendo o rio na boa. O Claiton disse: Fisga de novo que ela não sentiu o anzol! Aí meti o dedão no carretel da maquininha e mandei sem dó nem piedade! Rapaz, pra que?! O bicho quase arrancou a vara da minha mão, me arrastou dentro da voadeira... A fricção abriu e começou gritar! zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz... O Claiton imediatamente soltou a voadeira dizendo levanta a ponta, levanta a ponta! Estranhamente o bicho levou para o barranco, por isso Claiton suspeitando que fosse uma Pirarara grande, foi jogando a voadeira um pouco para o meio do rio e chegando perto do bicho. Quando a voadeira chegou perto dela, a garota deu um 180 e disparou rio acima. Rapaz! Pensa numa tomada de linha! Que bicho bruto! Claiton então disse: -Segura Cezar, segura que é Piraíba! Pirarara não dispara rio acima não! Não precisava dizer mais nada, eu já estava apavorado e de pernas bambas!!!

 

        Que briga amigos, que briga! Que bicho bruto! Depois de uns 15 minutos de briga, senti algo estranho na linha e disse: -Claiton a linha tá ralando na pauleira! Claiton então olhou para o rumo da linha e foi deixando a voadeira descer o rio e meio que "pareou" a voadeira com o bicho, foi quando senti um tranco na linha e percebi que não estava mais na pauleira... Virei para o Claiton e disse: -Saiu Claiton, saiu! (eita piloteiro "bão"). Mas foi sair da pauleira que o bicho disparou rio acima de novo... aff... Que força amigos, que força! Esse bicho é bruto demais! Depois de mais ou menos 1 hora de briga o bicho se entregou! Que peixe bonito rapaz! Levamos ela para a praia e nos acabamos de tirar fotos e filmar aquele peixe maravilhoso... Essa foi minha primeira Piraíba amigos. E garanto a quem nunca teve o prazer de pegar uma, que a briga com o bicho não se iguala a nenhum outro peixe, o bicho é bruto demais! A Piraíba mediu 2,00mts e o Claiton disse que tinha aproximadamente 100 kg.

 

        

Segue as fotos...

Essa foi a melhor pescaria da minha vida!

Espero que gostem do vídeo e do relato!

 

Abraços!
Cezar


Texto: Cezar Augusto
Fotos: Cleber Marcelo Lopes e Cezar Augusto

AGRADECIMENTOS

PENN RAÍBA CARRETILHAS

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Busca...

Please reload

boias de pesca, boia cevadira, boia torpedo
Carretilhas de Pesca Penn
Contato Fishingtur

Parceiros

Varas Ultralight Luck Lure

O maior portal de Pesca e Turismo do Brasil

Fishingtur Pesca e Turismo 2019